Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um passo nunca vem só

Um passo nunca vem só

E quando o sofá fala mais alto? #8

Há dias tramados! O trabalho aperta, há muita coisa em casa para fazer, os miúdos precisam de atenção e quando chega o nosso momento, o sofá está ali a piscar-nos o olho, calha a todos. Resistir-lhe? Não é fácil...

 

O truque para fugir ao assédio do sofá é a regra.


Até ao final de 2014 (comecei a correr efetivamente em Setembro) não tinha regra. Ia correndo à medida do que apetecia, do jeito que dava. Algumas semanas corria 5 dias, a maior parte conseguia correr 2 dias, outras semanas não havia um único dia dedicado à corrida. E não fazia mal nenhum, nem bem.


Em Dezembro de 2014 recebi um convite, via Facebook, para aderir a um evento promovido pela Run Is a Gift chamado “Desafio Correr 100 Dias em 2015”. Um desafio simples com um conjunto de regras simples:


“Correr no mínimo 100 dias em 2015 (pelo menos 1 km) a começar no dia 1 de Janeiro!

As 4 regras são simples:

#1 Não deixar passar 3 dias sem correr.
#2 Correr pelo menos 3 vezes por semana.
#3 Não falhar nenhuma segunda-feira.
#4 NUNCA desistir”


A regra #3 acho que cumpri, meia dúzia de vezes. A 2ª feira, de facto, não era um bom dia para eu correr. As outras 3 regras são de ouro! Foram uma verdadeira bússola e o trampolim para aquilo que todos nós precisamos: instalar o hábito e gerir o compromisso.

 

Tô Indo.jpg


Isto não se aplica a uma pessoa que tenha um plano de treinos muito rígido, mas quem está nesse patamar muito provavelmente tem outras bússolas, outros incentivos. Quem está só à procura de um incentivo para correr de forma regular, pode ter neste tipo de desafios um bom aliado.


E esta atividade desportiva presta-se a este tipo de desafios! Não estás dependente de um horário de abertura e de fecho de um espaço, não ficas constrangido porque pagaste e não estás a conseguir cumprir, nem tens que pagar mais se quiseres ir mais vezes e por aí adiante. Qualquer hora, em qualquer dia, podes fazer cumprir a tua vontade de honrar o compromisso com o desafio, que é só contigo.


Nunca precisei correr só 1 km. Houve dias, porque acabei por participar em estafetas, em que fiz pouco mais de 2 km. Houve dias em que o despertador tocou às 06h30 e outros em que a corrida começou num dia e terminou no outro (já passava da meia noite) mas o compromisso foi honrado, a corrida foi feita e a regra foi cumprida.


Também houve dias para quebrar as regras, para estar mais de 3 dias sem correr e para desistir a meio de um treino. Faz parte. Mas o foco foi sempre: responder às regras do desafio. A verdade é que dia 22 de Agosto de 2015 tinha o desafio dos 100 dias cumprido, mas mais do que isso, tinha o hábito de correr 3 vezes por semana instalado, tinha a minha vida organizada em função desse compromisso e era possível continuar. Mantenho estas regras até hoje (o mais possível, claro!).


Outro auxiliar precioso no meu caso foi ter encontrado os grupos de corrida! Cada um sabe de si e cada um avaliará os benefícios que lhe traz correr em grupo. Para mim é como faz mais sentido: em grupo.


Claro que muitas vezes corro sozinha, muitas vezes corri só com o meu marido, mas muito mais vezes corri em grupo e é onde prefiro correr a maior parte das vezes, em última análise o que vale, é o que te motiva.


Tem coisas boas, tem coisas muito boas e também tem coisas chatas porque “melros e pardais, não somos todos iguais”. Mas a verdade é que, saberes que há um sítio onde vais encontrar outros como tu, que gostam de correr, que também têm dias onde a vontade não abunda, onde não te vão deixar ficar para trás (ou onde vão voltar atrás por ti), onde vão puxar por ti e insistir, onde vais fazer planos, para um treino diferente, ou para a próxima prova, onde sentes que podes desafiar e ser desafiado sem que te julguem como o “maluquinho da corrida”, esse é o sítio onde vais querer estar. Ainda por cima, sem compromisso, sem joia, sem mensalidade e, quase sempre com boas gargalhadas à mistura.


Tenho a sorte de, na cidade onde vivo, existirem dois grupos de corrida informais que se juntam com regularidade, onde qualquer pessoa pode aparecer e juntar-se a um treino: Correr em Évora (https://www.facebook.com/correremevora) e Évora Night Runners (https://www.facebook.com/evoranightrunners).


O Correr em Évora, no qual sou participante ativa, tem a particularidade de organizar os treinos regulares, durante a semana, ao final da tarde (normalmente com início entre as 18h30 e as 19h30, mas pode sempre variar), com ponto de encontro na rotunda Manel da Gaita, a das bicicletas. Funciona de maneira muito regular durante o ano letivo, com treinos variados, e um dia especial para quem se está a iniciar, mas quando o calor começa a apertar e fica difícil correr neste horário, as corridas em grupo começam a não ser tão frequentes, mas ainda assim vão existindo.


O Évora Night Runners, com os quais corro também bastantes vezes, principalmente no Verão, tem a particularidade de organizar corridas à noite. Muito regulares na programação, às 2ªF e 4ªF não falham os treinos, com início às 21h30 na rotunda das Portas da Lagoa.


Dito isto, quem quer evitar que o assédio do sofá leve a melhor, monta a sua estratégia. Pontapé nas desculpas, nos argumentos refutáveis! O meu sofá? Há 2 anos que se vê grego comigo… mas também temos os nossos momentos, naturalmente!

 

PONTAPÉ.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.